Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Pedro Nuno revela ambição...

"Queremos ficar entre os quatro primeiros"
O jogador do Vagos espera na nova época que a sua equipa consiga estar nos momentos altos de todas as competições, à semelhança do que sucedeu nos últimos dois anos. Ao nível individual, o jogador ainda não fixou uma data para o final da carreira, pois diz sentir-se muito bem


Que objectivos tem para a nova época?

Ao nível colectivo passam por fazer uma temporada semelhante às duas anteriores, desde que nos estreamos na Liga principal do basquetebol português, ou seja, ficar entre os quatro primeiros e estar presente em todos os momentos altos de todas as competições.
No que diz respeito ao nível individual, neste momento pretendo ajudar a que todos os objectivos colectivos sejam alcançados, e espero ter mais sorte em relação a lesões, uma vez que no ano passado, no momento mais alto da competição (o playoff), não pude dar o meu contributo a equipa.

Continua sem saber até quando irá jogar?

Continuo sem ter certezas em relação ao final da minha carreira, tudo depende da maneira como me sentir no final deste ano e da época que realizar. A possibilidade de poder continuar ligado ao basquetebol como treinador atrai-me muito e se surgir uma oportunidade nesse campo poderei optar por terminar, mesmo que faça uma época boa .

Espera um campeonato melhor que o do ano passado?

Espero um campeonato semelhante ao do ano passado, embora ainda seja cedo para dizer se será melhor ou pior. Há equipas que se reforçaram, como foi o caso do FC Porto, e houve outras que teoricamente ficaram mais fracas, caso da O varense. Relativamente às restantes ainda não posso dizer nada porque algumas delas ainda não estão completas e houve muitas saídas, como foi o caso da nossa.

Quem são os favoritos?

São sem sombra de dúvida FC Porto e o Benfica.

Considera que a crise está a asfixiar ainda mais os clubes?

Não sou a pessoa certa para falar da crise, mas o que sinto e que os clubes têm mais dificuldades e isso nota-se na qualidade dos jogadores e na qualidade do próprio campeonato, que nos últimos anos tem baixado. Há equipas que optaram por ter um estatuto não profissional e só treinam uma vez por dia, enquanto outras eram candidatas ao título que agora vão ter objectivos menos ambiciosos. A crise, como em tudo na sociedade portuguesa, deixa a sua marca também nos clubes de basquetebol e no próprio campeonato.

Pedro Nuno
 

fonte:www.fpb.pt

 

Saudações Infernais


publicado por ultrasinfernais às 15:22
link do post | comentar | favorito
|

.Musica dos Ultras Infernais


Allez Vagos allez nós somos a tua voz.wav -

.Infernais

Counter Stats

MySpace Comments

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AD Vagos campeão nacional...

. Jogo de Vida ou Morte...

. John Smith eleito MVP da ...

. Ultras Infernais em entre...

. Vagos carimba presença no...

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.links

.pesquisar

 
SAPO Blogs

.subscrever feeds