Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Vagos mais tranquilo vence Porto...

Os primeiros dois pontos, alcançados por Dan Coleman, iniciaram a contagem vaguense na vitória desta tarde no pavilhão municipal de Vagos frente à equipa do FCPorto.

Perante meio milhar de adeptos a equipa vaguense conseguiu mais uma vitória e consolida o 4º lugar na Liga Portuguesa de Basquetebol com 36 pontos. Logo no primeiro período e em pouco mais de dois minutos, a equipa anfitriã instalou no marcador um parcial de 10-0 "obrigando" o treinador portista, Júlio Matos, a pedir desconto de tempo, e o «puxão» de orelha serviu para que os azuis e brancos reagissem e empataram o marcador. Durante mais alguns minutos a pontuação  saltitavam no placard, ora marcavam os vaguenses, ora marcavam os tripeiros, até que um triplo de João Balseiro eleva a vantagem que se foi alteando até ao primeiro intervalo (24-16). Com o inicio do segundo período, os visitantes aproximaram-se ainda mais no marcador, o que levou Costa Dias a colocar Pedro Nuno em campo, (muito se tinha especulado sobre a sua utilização)   para dar mais experiência aos seus pupilos, e que trouxe ao jogo vantagens indo para o descanso maior a vencer por 49-39. Com o desenrolar da partida, o espectáculo continuava  tanto no recinto como nas bancadas. Eis que chega o último período. Estando sempre na frente da marcha do marcador, a equipa sénior masculina da Associação Desportiva de Vagos foi perdendo «algum terreno» e deixou que o Porto fica-se a um ponto de empatar, mas um triplo de Rico Hill fez toda a diferença e volta a elevar o resultado. Nesses mesmos minutos a equipa vaguense volta a tomar as «rédeas» e segura os destinos da viagem rumo à vitória. No final 91-84 ditava o marcador que indicava também mais uma vitória para os vaguenses e a nona derrota para a equipa do FCPorto.  No final do jogo as opiniões dos técnicos eram unânimes. " O Vagos jogou bem e a ansiedade matou-nos", dizia o treinador portista. Do lado vaguense, Costa Dias, centrava a vitória "no basquetebol simples que jogámos e também nas oportunidades de desequilíbrio que criamos ao Porto".

Ricardo Hiil marcou mais pontos na equipa anfitriã, mas em percentagem «venceu» João Reveles com 24.5% num total de 19 pontos (3/3 triplos), 5 ressaltos, 5 assistências e 3 roubos de bola. De todo o jogo Christian Burns foi o MVP com 30%.

fonte:www.ad-vagos.com

Saudações Infernais


publicado por ultrasinfernais às 09:26
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Fábio a 9 de Fevereiro de 2009 às 13:54
Ambiente Fantástico no pavilhão!

O Povo Vaguense a comparecer e a apoiar a equipa!

O triplo do Rico e um abafo do Colman ao Marçal, foram momentos que ficam na memória =D

Temos equipa para ganhar a qualquer equipa de Topo, pois temos uma equipa de TOPO!

Saudações Infernais


Comentar post

.Musica dos Ultras Infernais


Allez Vagos allez nós somos a tua voz.wav -

.Infernais

Counter Stats

MySpace Comments

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AD Vagos campeão nacional...

. Jogo de Vida ou Morte...

. John Smith eleito MVP da ...

. Ultras Infernais em entre...

. Vagos carimba presença no...

.arquivos

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.links

.pesquisar

 
SAPO Blogs

.subscrever feeds